venda de brincos

venda de brincos

Entre o movimento das mãos, Os brincos brilham como sóis, Embalados em pequenos panos, Esperando novos donos e voos.

São adornos que enfeitam a vida, Traçando caminhos de elegância, Seja em uma festa ou na lida, Sempre há espaço para a extravagância.

Venda de brincos, oh doce comércio, Que nos presenteia com beleza, E nos convida a um mundo lírico, Onde a moda é pura sutileza.

De argolas a pingentes, De pérolas a pedrarias, Cada par conta diferentes, Histórias de sonhos e fantasias.

Compre um brinco e adote um sorriso, Que se reflete no espelho da alma, Acessórios que dão um toque preciso, E fazem da vida uma festa de calma.

Deixe um comentário